Os vencedores do Brasil Design Awards 2015 – Casa Vogue

Premiação celebra highlights da criação no país.

cv1

Na noite da última segunda feira (30-11), os profissionais do design brasileiro se reuniram, em São Paulo, para a sexta edição do Brasil Design Award, considerado o “prêmio dos prêmios” na categoria.

O BDA selecionou, dentre um total de 244 projetos analisados, os melhores projetos do mercado, atribuindo pontos a cada um de acordo com seus respectivos desempenho nas principais premiações do ano – Cannes Lions, IF Design, El Ojo, LIA (London International Awards), Pentawards, Lusos, Wave Festival, Red Dot, D&AD, Museu da Casa Brasileira, Abre, Salão Design, Embalagem e Marca e Colunistas.

cv2

Alexandre Wollner e Lauro Andrade foram homenageados durante o Brasil Design Awards.

O objetivo do prêmio, que é realizado anualmente, é valorizar e celebrar o encerramento do ano do design brasileiro. “Nossa ideia é reforçar o design como uma ferramenta estratégica e fundamental em diversos setores. Prêmios estabelecem padrões criativos, educam, inspiram e promovem o bom design”, afirma Gustavo Greco, curador do Brasil Design Award.

O evento também cedeu espaço para alguns homenageados, dentre os quais estão Alexandre Wollner, por seu pioneirismo no designer gráfico brasileiro, e Lauro Andrade, idealizador e realizador do DW! Design Weekend.

Veja abaixo alguns dos vencedores:

cv3

A luminária Ani, de Pascali Semerdjian Arquitetos para Etel Interiores, foi inspirada nos conceitos de simplicidade e sustentabilidade

 

cv4

A luminária Ani, de Pascali Semerdjian Arquitetos para Etel Interiores, foi inspirada nos conceitos de simplicidade e sustentabilidade.

 

cv5

O banco Doop, do Estúdio Ronald Sasson para Móveis Voler, é feito de chapas laminadas sem auxílio de estruturas metálicas e traz inspiração na estética dos anos 1970.

 

cv6

Bananabá, do escritório Verdom Indústria e Comércio Ltda, é um revestimento laminado ecologicamente correto, pois utiliza como matéria prima as fibras da bananeira.

 

cv

Mediterrâneo, do escritório de design Riva, é uma garrafa que, por meio de um sistema de tubos internos, impede a saíde do óleo e de outros condimentos. No momento em que o fluxo é interrompido, o líquido volta ao recipiente por uma tubulação interna, evitando, assim, o desperdício

 

cv8

O projeto da Livraria Cultura, feito pelo studiomk27, foi o vencedor da categoria design de ambientes

 

cv9

O escorredor de louças Discovery, do escritório Bertussi Design Industrial para Martiplast Indústria e Comércio de Plásticos, tem linhas orgânicas e uma bandeja coletora. Estética e funcionalidade de mãos dadas

 

Origami, do escritório Castelatto, é um revestimento de concreto arquitetônico inspirado na arte japonesa de dobrar o papel

Origami, do escritório Castelatto, é um revestimento de concreto arquitetônico inspirado na arte japonesa de dobrar o papel

 

A Melissa One By One, de Grendene, incorpora uma tradição japonesa em que os sapatos direito e esquerdo são simétricos. Dessa forma, o consumidor pode misturar estampas e ousar na hora de usar

A Melissa One By One, de Grendene, incorpora uma tradição japonesa em que os sapatos direito e esquerdo são simétricos. Dessa forma, o consumidor pode misturar estampas e ousar na hora de usar

 

Tresór, do escritório Portobello, é uma azulejaria multifacetada inspirada em metais preciosos

Tresór, do escritório Portobello, é uma azulejaria multifacetada inspirada em metais preciosos

 

Cadeira Tecno, do escritório Doimo Brasil

Cadeira Tecno, do escritório Doimo Brasil

 

Matéria original.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.