Missão Inovação Vale do Silício: Visitas D. School, LinkedIn e Google

Por Anna Carolina Maccarone (Gerente Executiva ABEDESIGN/Brasil Design)

Hoje foi um grande dia. Para começar fomos a D. School, um braço da belísssima e renomada Universidade de Stanford. A D. School não é uma faculdade e sim uma área dentro da Universidade que serve de apoio a todas as sete faculdades pertencentes a Stanford, passando de medicina a engenharia. Lá os alunos prototipam suas idéias e seus projetos são normalmente apresentados a investidores para virar negócios e a escola ainda ajuda em 10% do valor de funding como forma de potencilizar o projeto. Como diz a própria escola "a D School se tornou a B School", referindo-se a renomada escola de negócios.

De lá, fomos convidados a almoçar no LinkedIn, nossa segunda visita. O campus, absolutamente incrível, deixou o grupo bastante a vontade como se fossem funcionários. O refeitório com capacidade para 1.500 pessoas contava com sete tipos de comidas, como vegana, mexicana, italiana, entre outros. Um máquina de frozen yogurte estava disponível para os funcionarios. Tudo de graça.

O LinkedIn, assim como o Google, os funcionários são o bem mais importante da empresa. Lá podem tomar café, almoçar e jantar todos os dias da semana, sem nenhum custo. Usufrem de bicicletas para se locomover no campus, sem nenhum custo. Não existe reuniões marcadas entre 10 da manhã e 4 da tarde. As pessoas precisam de um tempo de manhã e final do dia para cuidar de suas agendas pessoais.

Há cinco anos o LinkedIn contava com 5 designers, hoje são mais de 100. Para fazer parte da equipe não basta ter um portifólio incrível, você precisa mostrar que possui a essência da empresa.

Já no Google, foi uma experiência a parte. Um enorme campus rodeado por bicicletas que permite o deslocamento dos funcionários. Cada prédio possui um café com lanches prontos, comida, bebidas e frutas totalmente de graça a funcionários e convidados de funcionários. Espaço para esportes com direito a piscina com máquina de onda para nadar sozinho. Lá não há lugares fixos, cada um tem total automia para seus projetos. 

Toda semana os fundadores se reúnem com os 20 mil funcionários presentes em Montain View para tratar temas diversos. A empresa disponibiliza ônibus para levar e buscar seus funcionários, de graça. O ônibus conta com acesso wifi, portanto, o funcionária ainda pode trabalhar em seus projetos, caso queira. A empresa está aberta 7 dias por semana, você pode trazer seu cachoro, sua família e ter suas roupas lavadas. Um ambiente totalmente aberto e receptivo para que o colaborador se sinta confortável.

As empresas visitadas hoje mudam completamente nosso modelo mental do que é o ambiente corporativo para que os funcionários rendam mais. Quando perguntados sobre como é trabalhar no Google ou LinkedIn, respondem "I am fortunate".

Amanhã será o dia de visitar GVSLabs e Singularity University.

Follow us!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.