McDonalds cria case debochando do Burger King e deixa uma lição de Design

billboard-mddonalds2

Quando a concorrência faz de um case divertido uma lição de Design.

A rede de fast food McDonald`s pensou num jeito diferente de anunciar as suas lojas McDrive (os famosos drive thru) espalhadas pela França.

Em uma rodovia de alta velocidade, foram instaladas 2 sinalizações: uma bem simples, indicando um McDrive a apenas 5 km do local, e uma beeeem longa e complicada, mostrando como chegar ao concorrente, o Burger King.

O resultado é divertido e debochado, já que a mensagem de simplicidade e complexidade é transmitida com clareza.

billboard-mddonalds3

A criação é da agência TBWA de Paris, e o case você pode ver aqui:

Agora, onde entra o Design nisso?

Este case do McDonald`s é um lindo exemplo de como a funcionalidade no Design é essencial. No caso de uma sinalização, em que o objetivo é informar uma direção, uma mensagem rápida, ou um local, quanto mais simples e direta a comunicação, melhor.

"Semáfaro"? Um erro simples pode desviar a atenção. (fonte da imagem)

“Semáfaro”? Um erro simples pode desviar a atenção. (fonte da imagem)

Juntando Design com publicidade, se pensarmos em OOH (comunicação Out of Home – outdoors, mobiliário urbano), a quantidade de palavras e o layout impactam muito na transmissão da mensagem.

A peça deve ser compreendida por um motorista que passa de carro (de preferência no maior limite de velocidade da via, não aquele que anda a 10km/h), e por pedestres distraídos que estão sendo bombardeados por outras forma de publicidade o tempo todo.

Alguns profissionais dizem que uma média de 12 palavras é o máximo que uma mídia de comunicação externa consegue suportar (como um outdoor). Não é uma regra, até porque se forem 12 palavras extensas, vai ficar complicado de entender. O conjunto da obra deve ser pensado de forma integral: texto e layout.

Ops, quem consegue ler tudo que está aqui? (fonte da imagem)

Ops, quem consegue ler tudo que está aqui? (fonte da imagem)

Uma ideia boa e poucas palavras já passam a mensagem.

Uma ideia boa e poucas palavras já passam a mensagem.

Um vídeo antigo, mas muito bom, que exemplifica com ironia o “menos é mais” do Design é este aqui embaixo. Ele questiona a criação da sinalização de “pare” das rodovias, se ela tivesse a interferência sem freio (literalmente) dos clientes:

Caso o seu cliente queira incluir “só mais uma frase”, ou “só mais um logo” naquela peça que tem a função de comunicar algo de forma rápida e com eficácia, passe o link deste post pra ele.

Ou seja, como disse de forma bem curta o fundador da Apple, Steve Jobs:

“Design não é só como algo se parece. É como funciona”.

Simples.

 

Matéria original.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.