Ação distribui livros que funcionam como bilhete do metrô em São Paulo

adnews-2593199971429812689933ad0d40a77a2e3442e1dfe339ce7457fcc4669

Em uma cidade como São Paulo, onde um trajeto pode significar horas no trânsito ou de espera em estações, ler no transporte público é um hábito comum e, por sinal, muito saudável.

Para estimular a leitura no metro, a editoria L&PM aproveitou o Dia do Livro para unir estes dois elementos que fazem parte do dia-a-dia de muitos paulistanos. Durante a manhã de hoje, passageiros da linha 4-Amarela foram presenteados com diferentes clássicos da literatura.

Os títulos fazem parte do portfolio da editora, são eles: A Arte da guerra, Sun Tzu; Assassinato no Beco, Agatha Christie; Hamlet, William Shakespeare; Cem sonetos de amor, Pablo Neruda; Cebolinha em apuros!, Mauricio de Sousa; Garfield –”Foi mal”, Jim Davis; O grande Gatsby, F. Scott Fitzgerald; Quintana de bolso, Mario Quintana; Sherlock Holmes: O cão dos Baskerville, Sir Arthur Conan Doyle e Peanuts: “Amizade. É pra isso que servem os amigos”, Charles M. Schulz.

Ticket_Books

Foram 1.500 livros distribuídos gratuitamente. Destes, 300 traziam uma surpresa: funcionam como bilhetes do metro. Criados especialmente para a ação, os Ticket Books possuem um chip em suas capas com tecnologia equivalente a do Bilhete Único, tornando-os recarregáveis.

A ideia é que a obra seja lida durante os percursos de cada passageiro. Basta encostar o livro na catraca, para a entrada ser liberada. Depois de ler, o usuário pode recarregar seu livro e presentear um amigo, estimulando o prazer da leitura.

Para comprar novas passagens basta acessar o site do projeto e inserir o código do portador do livro disponível na contracapa. O Ticket Book não tem prazo de validade e pode ser recarregado sempre que a pessoa desejar.

Assinadas pelos diretores de arte Ricardo Matos e Ana Novis, as capas foram criadas especificamente para o projeto e inspiradas em mapas do metrô de diversas partes do mundo.

Ficha Técnica:

Título: Ticket Books

Clientes: LP&M

Agência: Africa Rio

Criação: Ana Novis, Otto Pajunk e Ricardo Matos

Direção de Criação: Diogo Mello

VP de Criação: Álvaro Rodrigues

CCO: Sergio Gordilho

Gerente de Projetos: Monique Lima

Produção/Agência: Marcela Nisental

Produção Gráfica: Forma Certa

Tecnologia:  Bizsys

Produção/Filme: Trator Filmes

Direção: Will Mazzola

Aprovação/Cliente: Ivan Pinheiro Machado

 

Matéria original.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.